Entrevistas

Claus Miniaturas – Miniaturas de Motos Nacionais

Share on Facebook19Share on Google+1Pin on Pinterest9Tweet about this on Twitter

Uma paixão, muito estudo, força de vontade e talento. Venha conhecer o trabalho da Claus Miniaturas com a sua linha de Miniaturas de Motos Nacionais.

O entrevistado de hoje é Claudio Silva, da Claus Miniaturas, este Goiano que desenvolve um trabalho raro no Brasil, se não único: Miniaturas em escala em resina de motos nacionais. Todas muito perfeitas.

Como uma pessoa que gosta de desafios, ele também produziu alguns trabalhos em metal que são igualmente muito bacanas. Confira então um pouco de seu trabalho e o nosso bate-papo na íntegra:

mini Ás: Nos conte um pouco sobre você e como começou esse entusiasmo por criar miniaturas em resina e metal. E de como você adquiriu as técnicas necessárias para o desenvolvimento de seu trabalho.

Claudio:

A história das miniaturas em resina plástica:

Desde criança já gostava da arte de desenhar e esculpir.  Por volta de 1992 vi uma matéria na revista Duas Rodas sobre um artista que produzia miniaturas artesanais. Fiquei muito impressionado com esse trabalho, que nunca tinha visto antes e resolvi tentar fazer. Na época minha moto era uma Honda NX 150 e esse foi o modelo escolhido para ser reproduzido em miniatura. Nas horas de folga esculpia as peças na madeira, para finalizar a miniatura 40 dias depois. O resultado não ficou satisfatório.

Logo em seguida tentei fazer a miniatura da Yamaha RD 350, que também ficou muito ruim. Iniciei outro modelo, mas desisti. (Vide foto na próxima resposta, com essas primeiras tentativas – adicionado por mini Ás)

Decidi esquecer o assunto, pois todo meu tempo livre estava sendo usado para uma coisa que não estava me trazendo satisfação, por causa do resultado de baixa qualidade. Por muitos anos a ideia ficou paralisada, mas não esquecida. Por volta de 2005, percebi que a internet poderia me ajudar a concretizar esse velho sonho. Através da rede pude estudar o assunto e pesquisar matérias primas. Durante mais de 5 anos estudei a fundo a modelagem e a produção de moldes em silicone. Antes já tinha feito um curso de pintura automotiva pelo Senai. Nesse período também, testei diversos tipos de matéria prima, até encontrar um produto adequado.

Em setembro/2012 (após 9 meses de modelagem das peças), finalizei meu primeiro protótipo nesse novo processo: a Honda CB 400. Logo em seguida dei início ao protótipo da Yamaha RD 350, que ainda não foi finalizado por causa do grande volume de encomendas da CB 400.

Claus Miniaturas - Honda CB 400

Claus Miniaturas – Honda CB 400

As miniaturas em metal:

Em 2009 vi na internet algumas esculturas feitas de sucata metálica e achei muito criativo. Esse tipo de coisa sempre me desperta uma curiosidade maior, uma vontade de tentar fazer igual e tentar criar novas ideias.

Comprei uma máquina de solda elétrica, fiz um treinamento com eletrodo revestido e visitei algumas oficinas mecânicas da cidade, recolhendo sucatas. Daí começou a brincadeira. As primeiras miniaturas não ficaram boas mas logo consegui melhores resultados e comecei a publicar as fotos num blog, que agradou muita gente.

Claus Miniaturas - Algumas motos em metal

Claus Miniaturas – Algumas motos em metal

Infelizmente por causa do meu trabalho (sou Instrutor de Educação Profissional do Senai/GO) não tinha tempo para me dedicar a esse hobby, por isso decidi deixar de produzir as peças em metal e fabricar somente as miniaturas de resina plástica.

mini Ás: Você se lembra de seus primeiros trabalhos em metal e em resina? Conte-nos como de desenrolou esses primeiros projetos.

Claudio: Lembro perfeitamente. O resultado melhorou muito depois dos primeiros trabalhos, pois com o tempo a prática eleva a qualidade. Os primeiros trabalhos em resina foram Honda NX 150 e Yamaha RD 350. Em metal, as primeiras miniaturas foram produzidas sem uso de esmerilhadeira, num processo demorado de corte das partes através de lâmina de serra.

Claus Miniaturas - Primeiras tentativas

Claus Miniaturas – Primeiras tentativas

mini Ás: Em um de seus blogs, muitas publicações de 2009 são de motos feitas de sucata de metal e logo em seguida você começou a testar e a produzir com resina. No decorrer do tempo parece que a resina passou a ser o carro chefe. Você ainda produz em metal? E porque a troca de material?

Claudio: Não produzo mais as peças em metal simplesmente por falta de tempo. A decisão de produzir só as réplicas em resina plástica foi por uma questão de afinidade e também por se tratar de um trabalho exclusivo. No Brasil não encontrei ninguém além de mim que faz essas réplicas, enquanto que as peças em metal, muita gente faz, inclusive tenho a grata satisfação de ter servido de inspiração para três grandes artistas do metal (dois brasileiros e um chileno), que produzem miniaturas de motos melhores do que as minhas, com resultados extraordinários, num típico caso em que o discípulo superou o mestre rsrsrsrs. Vale a pena conhecer o trabalho desses artistas:

– Rodrigo Rodrigues Galo: https://www.facebook.com/rodrigo.rodrigues.7777019?fref=ts
– Andrés Cortés Saavedra: https://www.facebook.com/miniatura.motoarte?fref=nf
– Carlos Idalécio: https://www.facebook.com/idalecioartes/?pnref=lhc

mini Ás: Em 1993 você teve a ideia de produzir modelos de motos nacionais. Pelo que podemos ver o projeto vai de vento em polpa. Quantos modelos já foram produzidos e quantos ainda faltam?

Claudio: Infelizmente é um trabalho demorado e só faço nas horas de folga, por isso não tenho muitos protótipos prontos. Tenho a Honda CB400 e Yamaha DT200 de trilha (protótipo e moldes prontos), Honda CB 450, Yamaha DT200, Yamaha DT200R e Yamaha RD350 (protótipos em avançado estado de modelagem).

Claus Miniaturas - Honda CB 400 II

Claus Miniaturas – Honda CB 400 II

Claus Miniaturas - Yamaha DT200

Claus Miniaturas – Yamaha DT200

Claus Miniaturas - Yamaha DT200R

Claus Miniaturas – Yamaha DT200R

Após a finalização desses projetos em andamento, a prioridade é a modelagem de dois modelos de muito sucesso no Brasil: Yamaha XT660 e Honda CBX750.

mini Ás: De onde veio essa ideia de motos nacionais? Veio de um mercado que você identificou que não era explorado ou simplesmente de uma paixão pessoal?

Claudio: Por não existir nenhuma fábrica de miniaturas nacionais, esse é um nicho ótimo para ser explorado, já que a demanda é grande. Descobri isso a muito tempo e decidi reproduzir em miniatura os principais modelos de motos brasileiras, mas antes de qualquer coisa, veio a paixão pelas duas rodas. Às vezes finalizo uma miniatura e fico com dó de enviar para o cliente, pois a vontade é de ficar com todas rsrsrs.

mini Ás: Além da resina, quais os outros materiais você utiliza na produção da linha de motos? Existe alguma peça que você compra pronta ou a produção é mesmo 100% sua?

Claudio: As peças das cópias das miniaturas são produzidas todas em resina plástica, inclusive os pneus (que ainda não consegui produzir em borracha).

mini Ás: Olhando uma de suas motos nós percebemos o capricho e o realismo em cada detalhe. Quanto tempo você leva na produção de um molde? E depois de pronto, quanto tempo para cada réplica?

Claudio: O tempo de modelagem (em madeira e massa epóxi) de um protótipo varia de 4 a 6 meses, depois o protótipo é desmontado para a produção dos moldes. A CB400 por exemplo usa 40 peças (40 moldes), que foram produzidos em 30 dias. A partir dos moldes prontos, consigo finalizar uma réplica em 3 ou 4 dias.

Claus Miniaturas - Processo de produção

Claus Miniaturas – Processo de produção

Claus Miniaturas - Linha de montagem

Claus Miniaturas – Linha de montagem

 

mini Ás: Muitos dos modelos que você fabrica são modelos de motos antigas, principalmente dos anos 80. Como é o processo de pesquisa para a produção desses moldes?

Claudio: Bem, cresci nos anos 80 e desde a adolescência devorava revistas de motociclismo. Além disso, convivi com muitas motos daquela época e tive algumas (ainda hoje tenho na garagem a 10 anos uma Honda XL250R, de 1982), por isso, conheço muito bem esses modelos nacionais. De qualquer forma, o processo de pesquisa é a análise de fotos colhidas da internet ou dos próprios clientes.

A proporção da escala é garantida através das rodas. Como as rodas tem tamanho padrão, uso uma foto lateral da moto e faço a medida das rodas, aumentando ou diminuindo a foto para a escala 1:12. Imprimo a foto e o trabalho começa.

Quando não consigo resolver alguma dúvida, recorro aos meus clientes, que sempre tem a maior satisfação em me ajudar, seja com fotos ou alguma informação específica sobre o modelo. Isso aconteceu com a CB400, que um cliente me disse que a alça do banco não era presa pela lateral e sim por baixo do banco. Refiz o molde e a fidelidade da miniatura em relação ao modelo real foi garantida.

mini Ás: Obviamente você produz essas miniaturas para a venda, as vezes por encomenda, mas já há uma produção em série para a venda em atacado? Você já conta com outros profissionais em sua equipe?

Claudio: Esse trabalho ainda é um hobby e todas as miniaturas são feitas sob encomenda. Trabalho sozinho e infelizmente não há possibilidade de produção para venda no atacado, pois o processo é muito lento e a demanda é grande.

mini Ás: Olhando o resultado de seu trabalho percebemos que com dedicação podemos conseguir resultados incríveis. Dessa forma muitas pessoas podem se motivar a também criar por conta própria. Para essas pessoas, qual a dica mais valiosa que você poderia passar?

Claudio: O resultado só aparece com muito foco, dedicação, persistência e paciência. Durante 5 anos estudei o assunto, testei materiais, errei muito e aprendi com os erros. É necessário também muita pesquisa e geralmente o trabalho é lento, pois “não se apressa a arte”.

mini Ás: Deixe seus contatos, blogs e redes sociais para quem desejar conhecer mais de seus trabalhos e também, claro, encomendá-los.

Claudio:

www.clausminiaturas.blogspot.com
www.facebook.com/clausminiaturas

Infelizmente, por falta de tempo,  estou a quase dois anos sem produzir as miniaturas mas pretendo voltar a atender encomendas no próximo ano.

A nós da mini Ás só nos resta parabenizar ao Claudio por todo o trabalho desenvolvido ao longo desses mais de 10 anos e agradecer por nos atender com toda a disponibilidade desejando sempre muito sucesso. Esperamos que 2016 seja o ano da retomada desta sua arte que é primorosa.

Comente e compartilhe. Vamos valorizar brasileiros que fazem a diferença.

Gostei(11)Não Gostei(0)
(Visto 474 vezes)
Share on Facebook19Share on Google+1Pin on Pinterest9Tweet about this on Twitter

Este artigo chegou ao fim, diga se gostou abaixo. Leia outros artigos da categoria Entrevistas

Se você também é um apaixonado por miniaturas como nós, deixe seu e-mail para receber as novidades do blog gratuitamente.


Fique tranquilo, não enviamos spam.

26 Comentários

  1. Salvador

    Como faço para encomendar uma miniatura de uma nx 350 sahara roxa 1997?

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Salvador!
      Você precisa falar diretamente com o Cláudio, através dos contatos dele no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  2. Eduardo

    Bom dia

    Será que você teria da Tenere 250 laranja ?

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Eduardo, tudo bem?
      Essa dúvida você precisa tirar diretamente com o Cláudio, através dos contatos dele no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  3. Márcio Caetano

    Oi amigo sou colecionador sera que você tem a DT 180 modelo 1987 preta e vermelha e qual o preço.
    E A CG125 aquela mais antiga do tanque redondo cetas e fares redondos e cromados na cor amarela original da epoca.

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Márcio, tudo bem?
      Essas dúvidas você precisa tirar diretamente com o Cláudio, através dos contatos dele no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Rogério de Oliveira

      Eu quero estas moto é muito top

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  4. Rubens Barros Lopes

    Quero compra uma DT 200r amis a Dt normal se ser para trilha

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Oi Rubens! Tudo bem?
      Para encomendas você precisa entrar em contato diretamente com o Claudio. Os contatos dele estão no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  5. Mauro

    Boa tarde, gostaria de saber se você já voltou a fazer as replicas da CB400?

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Boa tarde Mauro! Você precisa entrar em contato diretamente com o Claudio. Os contatos dele estão no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  6. claudino f. leite

    muito joia o trabalho tenho uma mini r1 2001 azul ., medida 37cm. postarei as fotos logo mais.

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Legal Claudino! Obrigado por compartilhar!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  7. cledson costa

    oi gostei muito do trabalho muito perfeito e realista , quanto vc faz para mim uma replica da xr 250 tornado , e uma dt 180 , grato parabens

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Cledson, obrigado pelo comentário.
      Você precisa entrar em contato com o Cláudio diretamente através dos contatos disponibilizados no final da entrevista.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  8. Marlon

    Poxa muito maneiro seu trabalho, mais cria uma page no face ou um site mais detalhado explicando melhor como funciona a compra o envio.. seria uma boa! Gostaria de comprar também.

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Maarlon, você precisa entrar em contato diretamente com o Claudio, ok? Pelo Facebook dele você consegue falar com ele e quem sabe já fazer sua encomenda.

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  9. Joao Henrique

    quero compra dt200r

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Bom dia João, tudo bem? Bacana o trabalho né? Mas para encomendas você deve entrar em contato diretamente com o Cláudio através dos links no final na matéria.
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  10. Joao Henrique

    Gostei eu queria comprar dt 200 top de mais

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Legal João! Entre em contato com o Cláudio ok?
      Abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  11. sidnei

    vc ñ faz a miniatura da cbr450 ???

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Sidnei, você precisa entrar em contato diretamente com o Claudio, ok? Pelo Facebook dele você consegue falar com ele e quem sabe já fazer sua encomenda ;D

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  12. RENATO ANTONIO DE OLIVEIRA

    bom dia, muito bonitas a miniaturas, gostaria de saber se vc tem uma da shadow 2008 preta. o preço e como adquirir.

    Gostei(0)Não Gostei(0)
    • Equipe mini Ás

      Olá Renato. Você teria que entrar em contato diretamente com o Cláudio através dos contatos informados no final da entrevista, ok? Grande abraço!

      Gostei(0)Não Gostei(0)
  13. Sérgio Duarte

    Muito bacana tudo isso, entrarei em contato.
    Parabéns ao artista Claudio Silva.

    Gostei(0)Não Gostei(0)

Deixe um comentário